17.05.2017

CRP 11 na Luta Antimanicomial


CRP 11 na Luta Antimanicomial

O Conselho Regional de Psicologia da 11ª Região (CRP 11) divulga suas bandeiras de luta no contexto da luta antimanicomial.

Importante destacar que o IX Plenário do CRP 11 tem atuado ativamente na defesa da Rede de Atenção Psicossocial no estado do Ceará e na busca de condições dignas na estruturação desta citada rede, tanto para os profissionais quanto para os (as) usuários (as) que a compõem.

No mês de abril de 2017, o CRP 11 enviou extenso parecer técnico para a Defensoria Pública da União (DPU) apontando diversas precariedades da Rede de Atenção Psicossocial do Município de Fortaleza. O documento intitulado “Parecer a Respeito da Situação de Dificuldades Estruturais e Descontinuidade do Cuidado na Rede de Atenção Psicossocial de Fortaleza-CE – Indícios de Irregularidades nos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) e outros equipamentos” serviu para subsidiar as ações tomadas pela DPU, bem como servirá para as ações a serem tomadas nas articulações possíveis entre a Defensoria Pública do Estado do Ceará (DPE-CE) e o Ministério Público Estadual (MP-CE).

O CRP 11 tem participado de ações com intensa colaboração do Fórum Cearense da Luta Antimanicomial (FCLAN) e com demais entidades para avaliar a situação da rede, bem como propor providências ao poder público.

o CRP 11 tem buscado atender aos pedidos de orientação e intervenção junto aos processos de precarização nos municípios do interior do estado do Ceará. Entendemos que combater as precarizações dos (as) trabalhadores (as) e oferecer apoio institucional também é defender a luta antimanicomial e o sistema de garantia de direitos.

Pelo fim dos manicômios, inclusive os manicômios que habitam nas pessoas!

Pela Luta Antimanicomial!

IX Plenário do CRP 11