15.08.2017

Cerimônia de reinauguração da Sede do CRP 11


Foi em clima de alegria e com sentimento de sonho realizado que, na última sexta-feira, aconteceu a cerimônia de reinauguração da sede do Conselho Regional  de Psicologia 11ª Região. A oficialização do novo espaço acontece num mês importante para a categoria, no qual se comemora o mês do psicólogo. Com a reforma, a sede ganha não só mais espaço físico, mas também amplia sua capacidade de apoio a profissionais e estudantes. A cerimônia, que contou com a participação de formados e graduandos, teve direito a debates e discussões sobre as lutas e conquistas do Conselho e Sindicato, homenagem ao II Plenário com as participações de Teresa Cristina Monteiro de Holanda e Meire Nunes Viana, além do lançamento da pesquisa online sobre as condições de trabalho do psicólogo.

Como destacou em sua fala de abertura, o Conselheiro e Presidente do CRP, Diego Mendonça, a reforma já era uma demanda antiga para ampliar e qualificar os espaços na busca por uma melhor prestação de serviços: “Estávamos funcionando no limite, a casa antiga não comportava e nem oferecia estrutura mínima para sediar um conselho profissional. Ao longo do tempo fomos arranjando jeitos para funcionar, mas os problemas foram ficando crônicos. Ainda não é o ideal, mas aos poucos vamos adequando”.

Outra demanda que também entrou no campo da reforma e constitui mais um avanço, foi tornar a nova sede acessível para pessoas com deficiência, um importante passo para que os profissionais que possuam alguma deficiência possam se fazer mais presentes nas ações e para que se sintam minimamente representados perante uma dívida histórica, tendo em vista as muitas dificuldades que estes enfrentam diante do exercício da profissão. 

Após quase um ano de reformas e todos os trâmites que envolveram a mudança de volta para o endereço oficial, a celebração deste momento só tornou-se possível agora, concretizando mais uma etapa das diversas conquistas pelas quais a 9º Plenária vem lutando: “nós (do 9º Plenário) temos um perfil diferente das anteriores, temos uma média de idade mais jovem e com perfil de atuação majoritário nos serviços de ponta. Além de termos uma plataforma de gestão bastante combatente no que diz respeito à militância. Somos um grupo de lutas e não abrimos mão de nenhuma delas”, pontuou Diego.

Andrea Esmeraldo, Conselheira Suplente Região Nordeste do Conselho Federal de Psicologia (CFP), falou da importância do psicólogo frente ao atual momento vivenciado no país, no qual os direitos dos cidadãos estão sendo arduamente ameaçados. Destacou ainda os avanços conquistados pela categoria nos últimos 20 anos no que diz respeito ao compromisso com a qualidade do trabalho para a sociedade. Ressaltou, ainda, a importância da categoria atuar a frente as lutas por melhores condições de trabalho e qualidade do serviço prestado.

A pesquisa online, que tem por objetivo retratar as condições de trabalho do profissional de psicologia, foi bastante debatida e os participantes tiveram a possibilidade de conhecer e opinar sobre as questões que serão levadas em consideração no trabalho. A perspectiva é que daqui a um ano os resultados da pesquisa sejam apresentados. Ao final da cerimônia, Diego reforçou o convite à categoria para o contínuo diálogo. 

“E a luta continua. precisamos ainda melhorar as condições de trabalho e investir massivamente nas discussões com a academia, com as universidades que nos formam para diminuir o distanciamento entre a universidade e o mundo do trabalho”,pontuou Diego a respeito do tema.

"Ter uma sede que comporte minimamente as atividades e que ofereça apoio a profissionais e estudantes é uma demanda antiga e um importante passo para que o “Conselho não seja apenas um número que fica no site”, como destacou o Conselheiro Presidente, Diego Mendonça, que explicou da necessidade de reforma do espaço.