28.11.2017

Audiência pública discute atual situação do sistema socioeducativo no Ceará


Uma audiência pública na OAB Ceará (Ordem dos Advogados do Brasil Secção Ceará) debateu as atuais condições sistema socieducativo no Ceará. A iniciativa, encabeçada pela comissão de direitos humanos da ordem, procura visibilizar a atual situação, no intuito de fazer um maior levantamento sobre as informações que compõe o sistema socioeducativo e de procurar estratégias para agir a favor dos/as jovens submetidos ao sistema.

Dentre as diversas variáveis que afetam direta ou indiretamente as atuais condições, o presidente do CRP-11, Diego Viana, aponta  a dificuldade que a classe trabalhadora enfrenta. Segundo o psicólogo, "é insuficiente o número de trabalhadores concursados; tampouco há estabilidade da prestação do serviço público. Ademais, a capacidade de financiamento pelo Estado tem se sido cada vez mais reduzida, além de termos também uma política de encarceramento forte". Diego Viana complementa: "não há prevenção em política pública, nos territórios, de saúde e de educação para que a juventude possa ter outros caminhos a seguir. Cada vez mais, ela tem sido encarcerada porque comete atos infracionais na busca de procurar soluções para viver a vida".

Essa entrevista e a matéria na íntegra, você consegue acompanhar por aqui