13.04.2020

CRP11 torna público parecer a Respeito da Prática das Profissionais de Psicologia no Contexto do Plantão Psicológico


O Conselho Regional de Psicologia 11ª Região torna público parecer a respeito da prática das profissionais de Psicologia no contexto do plantão psicológico. No arquivo disponível aqui para consulta, o CRP-11 dá orientações gerais, dentre outros pontos, como recomendar que a profissional que vier a atuar em serviços de plantão psicológico deve estar ciente das suas responsabilidades para com os usuários do serviço. A plantonista deve ter fundamentado as técnicas e as teorias psicológicas que embasam o seu atendimento, garantindo a qualidade dessa atividade.

O CRP-11 acrescenta que o formato do atendimento em caráter de PP deve ser definido pelas psicólogas responsáveis, desde que em conformidade com os princípios éticos da profissão. O PP se caracteriza como prática eventual de atendimento, mesmo que o número de encontros seja superior a um. Ainda que descontínuo, no caso de atendimentos à crianças ou adolescentes, deve ser assinado um termo de autorização de um dos responsáveis legais para resguardar as profissionais e os usuários do serviço.

CONSULTE AQUI O PARECER NA ÍNTEGRA.